Anjelica Huston em John Wick: Parabellum/Lionsgate

Créditos da imagem: Lionsgate/Divulgação

Filmes

Notícia

Ballerina | Diretor de John Wick fala de seu envolvimento em filme derivado

Chad Stahelski afirma que pretende auxiliar cineasta Len Wiseman nas cenas de ação do novo longa

Nicolaos Garófalo
29.05.2020
22h50

Chad Stahelski, diretor da franquia John Wick, afirmou que não haverá interferência na maneira como o cineasta Len Wiseman ampliará o submundo dos assassinos em Ballerina, derivado focado na academia de dança comandada pela personagem de Anjelica Huston em Parabellum. Segundo Stahelski, o único cuidado que tomará pessoalmente com o derivado será na “competência e estilo das cenas de ação” (via THR).

Eu planejo estar lá para ajudar sempre que puder. E a equipe de dublês da 87eleven [empresa de Stahelski e David Leitch] estará muito envolvida no auxílio a Len e tudo o que ele precisar para criar as cenas de ação”, disse o diretor, que ainda disse que a vinda de um novo cineasta à franquia é bem-vinda. “Tê-lo a bordo para dar uma percepção diferente à ação, cenários, envolvimento de personagens, como e o que ele quer fazer durante sequências de ação, traz um ar de novidade. Não estamos apenas nos copiando de novo e de novo com gun-fu e coisas assim”, seguiu Stahelski, que afirmou ainda que os novos personagens farão com que a produção siga um caminho diferente dos filmes anteriores.

A ideia de Ballerina foi criada pelo próprio Wiseman, que a sugeriu ao produtor Basil Iwanyk e, depois, a Stahelski. “Ele entende a ação e eu acho que ele tem um bom estilo visual. Logo de cara eu já pensei ‘ele entende [John Wick]! Precisamos contratar esse cara!’”.

Ballerina ainda não tem data para chegar aos cinemas.

Estrelado novamente por Keanu Reeves, o quarto filme de John Wick foi adiado para 27 de maio 2022 por conta da pandemia do coronavírus. Na trama, o assassino John Wick sai de sua aposentadoria quando o cachorro que ganhou de sua falecida esposa é morto.

O sucesso da franquia nos cinemas gerou alguns projetos derivados como a série The Continental, que focará a cadeia de hotéis que John Wick e outros assassinos usam como refúgio durante suas missões. De acordo com as regras, nenhum "negócio" pode acontecer na área do hotel. Quem violar essa regra enfrenta consequências graves, como ficou claro em John Wick 3: Parabellum.