Cate Blanchett em Cadê você, Bernadette

Créditos da imagem: Annapurna Pictures/Divulgação

Filmes

Notícia

Cate Blachett será presidente do júri do Festival de Veneza 2020

Edição de 2019 premiou Coringa com o Leão de Ouro, maior honra do evento

Nicolaos Garófalo
17.01.2020
01h28

Vencedora do Oscar por Blue Jasmine e O Aviador, Cate Blanchett presidirá o júri do Festival de Veneza 2020, um dos principais eventos da indústria do cinema internacional. Em 77 edições, a atriz será apenas a oitava mulher a assumir a posição (via Indie Wire).

Todo ano eu espero com expectativa pela seleção de Veneza e todo ano é surpreendente e distinta”, disse Blanchett, que agradeceu o privilégio de comandar os jurados do Festival que, segundo ela, “é uma celebração da mídia provocativa e inspiradora que é o cinema em todas as suas formas”.

Presidente do Festival de Veneza, Alberto Barbera afirmou que a atriz é um ícone não só por seu trabalho em tela, pelo qual é “adorada por espectadores de todos os tipos”, mas também por seu comprometimento por causas humanitárias e com a “emancipação das mulheres em uma indústria de cinema que ainda está procurando entender o machismo”. Segundo Barbera, Blanchett é uma inspiração para toda a sociedade.

Com a indicação, Blanchett se torna a segunda mulher da história a presidir os juris tanto do Festival de Veneza, quanto do Festival de Cannes, cargo que exerceu em 2018. A atriz divide o “título” com a cineasta Jane Campion (O Piano; Em Carne Viva).

O Festival de Veneza de 2020 acontece de 2 a 12 de setembro. Em 2019, Coringa, de Todd Phillips, foi premiado com o Leão de Ouro, maior honra do evento.