Música

Lista

Eminem | 12 colaborações históricas da carreira do rapper

Com o lançamento de "Walk On Water", relembramos outras colaborações de sua carreira

Julia Sabbaga
22.11.2017
16h29
Atualizada em
29.06.2018
02h37
Atualizada em 29.06.2018 às 02h37

Este mês o Eminem lançou o primeiro single de seu próximo álbum, provavelmente intitulado Revival. Com a participação da Beyoncé, "Walk On Water" já vai entrar na lista como uma das melhores colaborações na história do rapper. E com isso em mente, resolvemos relembrar as participações que marcaram a carreira de Eminem, desde o início até hoje.

Guts Over Fear (com Sia)

“Guts Over Fear” foi a segunda colaboração de Eminem com Sia, colocada no álbum compilação SHADYXV. No ano anterior, os dois já haviam trabalhado em “Beautiful Pain”, que apareceu apenas na edição deluxe do Marshal Mathers LP 2. Em "Guts Over Fear" Sia solta um vocal emocionante e intenso, no refrão da música que conta a história da carreira do rapper. Ouça aqui. 

Shake That (com Nate Dogg)

"Shake That" é uma das três faixas inéditas do álbum compilação de melhores hits, Curtain Call: The Hits, de 2005. Com Nate Dogg tomando grande parte da música, o single traz o lado mais fanfarrão do Eminem, saindo da tradição sombria. A música foi indicada ao Grammy como melhor colaboração de Rap/Hip Hop, mas perdeu para Justin Timberlake e T.I com “My Love”. Ouça aqui. 

Vale notar que a lista conta com faixas em que convidados fazem partes de músicas do Eminem, e não o contrário, que incluiria “Forgot About Dre”, do Dr. Dre, “Smack That”, do Akon, “Revenge” da Pink e muitas outras. 

‘Till I Colapse (com Nate Dogg)

“’Till I Colapse” é 18ª música no álbum The Eminem Show e traz Nate Dogg nos vocais, que já apareceu na lista com "Shake That". Esta faixa é completamente diferente, sombria e traz um refrão bem pesado cantado pelo convidado. “’Till I Colapse” nunca foi single mas entrou nas paradas sem divulgação promocional, e ganhou o certificado de multi-platina por ultrapassar 2 milhões em vendas digitais. Ouça aqui.

My Dad’s Gone Crazy (com Hailie Jade)

Em The Eminem Show, álbum de 2002, Eminem traz uma parceria inesperada e muito simpática com a sua filha, Hailie Jade, na faixa "My Dad's Gone Crazy". A garota, que tinha 6 anos na época, já começa a música de jeito polêmico, quando ouvimos o que parece ser Eminem cheirando cocaína e Hailie abrindo a porta e perguntando “papai, o que você está fazendo?”. No resto da música, o vocal fofo completa o refrão cantado pelo rapper. Ouça aqui.

Stan (com Dido)

Depois de “Lose Yourself”, que ganhou Oscar, “Stan” é provavelmente a música mais aclamada do Eminem. A elogiada parceria com Dido fez com que o rapper explodisse nas paradas e ficou para a história. A revista Q elegeu como a terceira melhor música de rap e a Rolling Stone a colocou em 296ª lugar na lista de 500 melhores músicas de todos os tempos. A música traz um sample de “Thank You”, da Dido, e a cantora participa do clipe, que também traz o ator Devon Sawa no papel de Stan. Ouça aqui.

Guilty Conscience (com Dr. Dre)

A polêmica "Guilty Conscience" traz Eminem e seu padrinho na música, Dr. Dre, fazendo o papel dos dois lados da consciência de uma pessoa, Eminem sendo o lado do mau e Dr. Dre o do bem. A música, do álbum The Slim Shady LP, foi criticada por sua letra pesada, que fala sobre estupro e assassinato. O clipe de “Guilty Conscience” foi colocado na lista dos 50 clipes mais controversos do canal MuchMusic. Ouça aqui.

Crack a Bottle (com Dr. Dre e 50 Cent)

O primeiro single do álbum Relapse, de 2009, é “Crack a Bottle”, com Dr. Dre e 50 Cent como convidados. Assim que foi lançada, a faixa quebrou o recorde de vendas digitais em uma semana, com 418 mil downloads. A música levou o Grammy de melhor colaboração em 2010. Ouça aqui.

Love Game (com Kendrick Lamar)

O álbum de 2013 do Eminem The Marshall Mathers LP 2 traz diversas colaborações. Uma delas é na divertida “Love Game”, que traz grandes partes vocais de Kendrick Lamar. O convidado participou de alguns shows da turnê que sucedeu o álbum e também apareceu no clipe do primeiro single do trabalho, “Berzerk”. Ouça aqui.

The Monster (com Rihanna)

Um dos maiores hits de Eminem foi a sua quarta colaboração com Rihanna, “The Monster”. Faixa do álbum de 2013, “The Monster” ganhou o Grammy de melhor colaboração de rap em 2015 e chegou ao primeiro lugar em 12 países, incluindo na lista americana Billboard Hot 100Ouça aqui.

Headlights (com Nate Ruess)

Em The Marshall Mathers LP 2 Eminem lançou uma música importantíssima: em “Headlights” ele pede desculpas para sua mãe, protagonista de diversas músicas passadas do rapper. Eminem pede desculpas explicitamente pelo sucesso de 2004, “Cleanin’ Out My Closet”. Em “Headlights” o refrão emocionante é cantado pelo frontman do Fun, Nate RuessOuça aqui.

Encore (com Dr.Dre)

Mais uma parceria com Dr. Dre, a faixa que fecha e leva o nome do álbum Encore é mais um exemplo de como os dois funcionam bem juntos. A faixa foi indicada ao Grammy de 2006 por melhor performance de grupo ou dupla, mas perdeu para o Black Eyed Peas com "Don't Phunk with My Heart". Ouça aqui.

Bitch Please II (com Dr. Dre, Snoop Dogg, Xzibit, e Nate Dogg)

Em 2000, no álbum The Marshall Mathers LP, Eminem lançou uma música que serve como sequência para a faixa de Snoop Dogg, “Bitch Please”, do álbum de 99 No Limit Top Dogg. A faixa traz os mesmos convidados da original, Xzibit e Nate Dogg, além de Dr. Dre e claro, Eminem. Cada um tem a sua parte vocal na ótima faixa. Ouça aqui.