Capa da HQ de Supergirl/DC Comics

Créditos da imagem: DC Comics/Divulgação

Filmes

Notícia

O Homem de Aço | Zack Snyder queria introduzir a Supergirl no DCEU

Diretor revelou intenção de “trazer mais e mais membros da família” El em filmes da franquia

Nicolaos Garófalo
20.05.2020
23h21

Além da bomba que sua versão de Liga da Justiça finalmente chegará ao público em 2021, Zack Snyder revelou durante a live de O Homem de Aço que pretendia introduzir Kara Zor-El/Supergirl no futuro do DCEU. Enquanto comentava seus possíveis planos para o futuro do Superman de Henry Cavill, o diretor afirmou que gostaria de “ampliar o universo [de Clark Kent] e trazer mais e mais membros da família, por assim dizer” – confira abaixo (via Comicbook).

O cineasta afirmou ainda que um filme solo da Supergirl seria “uma ideia legal. Eu não tenho um roteiro, nem nada, mas seria incrível ver acontecer”.

Vale lembrar que Supergirl teve um filme em 1984, com Helen Slater no papel da heroína. Atualmente, a CW produz uma série com a kryptoniana, com Melissa Benoist no papel principal. A produção, que faz parte do chamado Arrowverse, encerrou recentemente sua quinta temporada.

Por conta do suicídio de sua filha, Zack Snyder abandonou o projeto em 2016. Joss Whedon assumiu as filmagens depois da saída, mas a reação negativa em torno do filme estimulou os rumores em torno da versão original do longa, já que muito material planejado pelo cineasta não entrou na versão final, além do tom ser inconsistente. O filme foi lançado em novembro de 2017 e arrecadou cerca de US$ 657 milhões no mundo, enquanto esteve em cartaz.

Desde então surgiu a campanha Release The Snyder Cut, que pedia pela mitológica versão do diretor. Não só o público mais fiel apoiou, mas também os atores, como Gal Gadot (Mulher-Maravilha) e Jason Momoa (Aquaman). Recentemente a campanha foi divulgada pelos fãs em cartazes ao redor da Califórnia, financiados pelos próprios seguidores. Comovidos pelo suicídio da filha de Snyder, que o afastou do projeto da DC, o movimento ajudou a arrecadar mais de US$ 100 mil para prevenção do suicídio, com fãs se mobilizando pela causa.