Ray Fisher em Liga da Justiça/Warner

Créditos da imagem: Warner Bros./Divulgação

Filmes

Notícia

Liga da Justiça | Ray Fisher pediu que barbeiro fosse creditado no Snyder Cut

Wayne Nembhard trabalhou com o ator durante toda a produção, mas seu nome ficou de fora dos créditos finais da versão que chegou aos cinemas

Nicolaos Garófalo
21.07.2020
20h07

Intérprete do Cyborg em Liga da Justiça, Ray Fisher revelou um pedido especial feito a Zack Snyder quando soube que a versão do diretor seria lançada na HBO Max. Segundo o ator, seu barbeiro, Wayne Nembhard, trabalhou por mais de oito meses na produção, mas não teve seu nome incluído nos créditos (via Heroic Hollywood).

Pelo Twitter, Fisher revelou que ficou decepcionado de não ter visto o nome de Nembhard, único profissional negro da equipe de cabelo e maquiagem do filme, incluído na versão cinematográfica. O ator disse que Snyder também ficou chocado com a história e prometeu creditar o barbeiro no Snyder Cut – veja abaixo:

Apesar de eu ter pedido em diversas ocasiões, meu barbeiro (Wayne Nembhard) não foi creditado por seu trabalho na versão que foi para os cinemas de Liga da Justiça. Wayne trabalhou durante TODO o processo de fotografia principal e na maior parte das refilmagens. Wayne respondeu toda vez que foi pedido que ele se afastasse de seu negócio bem-sucedido – uma barbearia chamada Extreme Cutz, em St. Albains, Reino Unido – para trabalhar conosco. Até onde sei, ele foi o único homem negro a agraciar o trailer de cabelo e maquiagem

Partiu meu coração (e sei que o do Wayne também) assistir os créditos subirem e não ver o nome dele. Quando Zack me contou sobre o lançamento do SnyderCut, eu pedi apenas uma coisa: que o nome de Wayne seja creditado por seu trabalho. Zack ficou chocado que Wayne não foi creditado na versão dos cinemas e me assegurou que ele certamente será na Liga da Justiça de Zack Snyder. Não é apenas sobre um filme. Essas coisas são maiores que estética artística. Responsabilidade é maior que o entretenimento

Vale lembrar que, por causa do suicídio de sua filha, Zack Snyder abandonou Liga da Justiça em 2016. Joss Whedon assumiu as filmagens depois da saída, mas a reação negativa em torno do filme estimulou os rumores em torno da versão original do longa, já que muito material planejado pelo cineasta não entrou na versão final, além do tom ser inconsistente. O filme foi lançado em novembro de 2017 e arrecadou cerca de US$ 657 milhões no mundo, enquanto esteve em cartaz.

Desde então surgiu a campanha Release The Snyder Cut, que pedia pela mitológica versão do diretor. Não só o público mais fiel apoiou, mas também os atores, como Gal Gadot (Mulher-Maravilha) e Jason Momoa (Aquaman). Após muito tempo, a Warner confirmou o lançamento do SnyderCut para 2021 no HBO Max, streaming do grupo Time Warner.