Joaquin Phoenix em Coringa/Warner Bros./Divulgação

Créditos da imagem: Warner Bros./Divulgação

Filmes

Notícia

Coringa | Todd Philips diz que aceitaria dirigir sequência

Diretor afirmou que novo filme precisaria ter a mesma temática que o longa atualmente em cartaz

Nicolaos Garófalo
15.11.2019
00h56

Com Coringa prestes a bater US$ 1 bilhão nas bilheterias mundiais, Todd Philips parece balançar em seu plano de não realizar uma sequência para o longa. Segundo o diretor, ele toparia voltar ao mundo do vilão da DC caso o novo filme apresentasse uma temática semelhante à do original (via LA Times).

Para o cineasta, não valeria retornar ao personagem para fazer apenas “um filme louco sobre o Palhaço do Crime” e deveria estar em sintonia com o que é apresentado em Coringa: “muitos filmes são sobre a chama, esse é sobre a pólvora”, afirmou Philips, dizendo que o público se identificou no longa por ele mostrar o que estava oculto na personalidade do vilão e que reviver esse conceito seria “interessante”.

Coringa estreou no dia 3 de outubro e arrecadou US$ 93,5 milhões em seu primeiro final de semana, melhor marca da Warner desde Mulher-Maravilha que, sem a mesma limitação de ser só para maiores de 18 anos, fez US$ 103 milhões.