Colunistas

Artigo

Jacidio, who? | Billboard libera sua lista com os top 100 DJs e saiba como ver os shows do Ultra Miami 2018

“O EDM está morto no Europa”, diz Kolsch e Four Tet mostra que o pop tem vez em sua nova participação no Essential Mix

Jacídio Junior
23.03.2018
09h41
Atualizada em
24.03.2018
05h04
Atualizada em 24.03.2018 às 05h04

Billboard e WDM Radio Awards elegem os melhores DJs de 2017/18

Essa semana rolaram duas premiações voltadas para a música eletrônica. Uma no México, a WDM Radio Wards - que carrega a alcunha de ser a maior premiação consedida por um programa de rádio do planeta - e a outra, a primeira edição do ranking realizado pela Billboard. As duas têm suas diferenças, mas funcionam de uma forma bem interessante para entender como o mundo da música eletrônica tem selecionado seus ídolos nos últimos anos.

A premiação mexicana rolou no último dia 21, no estádio Azteca, com a presença de 90 mil pessoas. O evento acontece anualmente, com votação aberta à audiência de todo o mundo. A premiação contou com 12 categorias. Os premiados nas principais categorias foram:  Melhor DJ - Marting Garrix, Melhor DJ de Electro House - Don Diablo, Novo Talento - Jax Jones, Melhor Vocalista de e-music - Dua Lipa, Melhor DJ de Deep House - Robin Shulz. Veja a lista completa aqui.

Já o top 100 da Billboard era aguardado com ansiedade, já que a revista norte-americana utilizou uma nova forma para contabilizar a importância de cada nome que integra a lista. De acordo com informações divulgadas pela publicação, não só o voto popular seria suficiente para gerar a posição dos DJs, mas também dados como número de plays, vendas de faixas, discos e tempo tocado em rádio, mais números de venda de ingressos, participação em festivais e residência em clubes ao redor do mundo.

Com todos esses fatores influenciando a lista, o resultado foi bem diferente do já tradicional DJ Mag 100. Nas 10 primeiras posições é possível ver a predominância de nomes que dominam o mercado norte-americano com The Chainsmokers ocupando o primeiro lugar, Calvin Harris (segundo) e Kygo (terceiro). Em seguida vem Marshmello, Major Lazer, Martin Garrix, Zedd, Tiesto, DJ Snake e Odesza fechando o top 10.

Mas alguns nomes ligados a segmentos menos mainstream também surpreenderam com Flume, na 14ª posição, Above & Beyond, na 15ª, e o Justice em 24°. Alok é o único brasileiro na lista, ocupando a 72ª posição. A lista completa você pode ver aqui. E ai, o que vocês acharam dessa nova lista com os 100 DJs mais “conhecidos” do planeta?

Ultra lança última parte do documentário contando seus 20 anos de história

Em seu quinto e último episódio focado em mostrar a história por trás dos 20 anos do Ultra, a série documental segue com depoimentos de Tiesto, Hardwell, Carl Cox, Fedde Le Grand, John Digweed e outros grandes nomes da cena, que comentam sobre a importância do festival norte-americano em suas carreiras e sua proporção global.  Ainda tem um tour por todos os palcos já montados e algumas das principais apresentações do mainstage. Não dá pra negar que, depois de assistir a evolução do Ultra, a música eletrônica é o novo rock. Veja o ep. abaixo.

Vale lembrar que edição 2018 do festival começa nesta sexta-feira e terá transmissão ao vivo por meio da UMFTV. Para saber quais shows e os horários da transmissão é só clicar aqui. A transmissão rola ao vivo por aqui.

Disco da semana: TyDi - Collide

Essa semana a dica de disco vem direto da Austrália. O produtor TyDi está na estrada desde a primeira década dos anos 2000 e em suas variações de EDM e músicas com assinatura mais vibrante, divulgou na semana passada o álbum Collide. A aposta do produtor em algo diferente ficou claro ao ter como convidado de seu processo o produtor Christopher Tin, duas vezes ganhador do Grammy, que deu toda uma nova nuance ao material eletrônico. Ao trabalhar com uma orquestra completa é interessante perceber como a mistura entre as nuances clássicas e as faixas radiofônicas foram mantidas e misturadas. Um disco para dançar com os amigos nas tardes de outono :) Pra ouvir é só dar o play abaixo.

Kolsch lança a incrível “Left Eye Left” e comenta: “O EDM está totalmente morto na Europa”

Existem produtores que, simplesmente, precisam fazer parte da sua vida. O dinamarquês Kolsch é um deles. Com um dos discos mais incríveis da história recente da música eletrônica, 1989, o produtor liberou esta semana a climática e única “Left Eye Left” e também conversou com a Dancing Astronaut. Veja trechos da entrevista e ouça a nova faixa abaixo.

Na conversa com a repórter da Dancing Astronaut Kolsch - que será uma das atrações do Coachella em 2018 - comenta que este era um dos únicos grandes festivais que faltava em sua lista. “Eu estou muito ansioso para experimentar o festival como um todo”. E segue comentando sobre a cena norte-americana, após ser questionado sobre o que pensa a respeito dos vários nomes underground tocando no festival em 2018. “A queda do EDM acena para que um novo som surja. Na Europa, o EDM está totalmente morto e todos os grandes festivais têm DJs de techno como atrações principais junto com bandas como headliners”, destaca.

Kolsch, durante a entrevista, ainda comenta que sobre ter tocado na Torre Eiffel, não preparar absolutamente nada para seu set de 9 horas, que irá apresentar em Colônia - na Alemanha - e as diferenças de tocar em um clube com muitas pessoas e um set curto e em um clube pequeno, com um bom soundsystem, por um tempo longo. “Tocar nove horas em um bom sistema de som, com o público certo é o sonho de qualquer DJ. Parece terapia pra mim”. Leia a entrevista na íntegra, em inglês, aqui.

David Guetta lança mais uma com Sia, ouça “Flames”

David Guetta é o DJ que melhor aproveita seus contatos no mainstream. O francês, quase mensalmente, libera algum lançamento com um nome do pop e mantém seu nome em destaque nas rádios e festivais ao redor do mundo. Esta semana ele voltou a unir forças com a australiana Sia para o lançamento do single “Flames”. A faixa marca a sexta parceria da dupla e em breve deve tocar em todos os lugares possíveis. Ouça abaixo.

Set da semana: Four Tet Essential Mix

Four Tet fez sua quarta participação no BBC Radio 1 Essential Mix na última semana. Keiran, mais uma vez, levou sua música ao extremo tocando Ben Klock, Bicep, Britney Spears, Destiny´s Child e Selena Gomez, assim como feito em seu set no Dekmantel, no início de março. No fim das contas, não dá pra saber se ele está em um ponto no qual música é música desde que faça sentido ou se só está provocando a audiência, pois como um DJ e produtor admirado e respeitado, tá liberado colocar o que quiser no set. Então, pegue o seu fone de ouvido e se prepare para uma viagem de duas horas ao som de um dos produtores mais inventivos da música eletrônica atual.

Vamos dançar onde?

Neste final de semana tem Lollapalooza, mas saindo dos três dias de festival, algumas coisas bem interessantes vão estar rolando em alguns pontos da cidade. Então, se você está livre ou quer conhecer outras nuances pela cidade, anota a sua festa preferida e vai. :)

Os rolês começam no sábado (24). A festa House is House vem com a ideia de fazer uma tarde bacana para quem gosta de uma das sonoridades mais marcantes da música eletrônica. O evento começa às 16h e vai até às 22h. Tudo que você precisa saber está aqui.

Já no sábado (24) à noite rola uma edição bacanuda da EKO com EJECA: Nos Trilhos. No line-up EJECA, JOHNNY DA CRUZ, EXEQUIEL, THIAGO GUISELINI e GOP TUN Djs. Oportunidade certeira para quem gosta de dançar e não deixar nada pra trás. Tudo que você precisa saber está aqui.

Ainda no sábado, acontece uma edição especial da Sonido Trópico. Dessa vez a festa será hospedada em Ilha Grande, no Rio de Janeiro, e só por isso já vale a ida. Se você estiver pela área, aproveite esse momento. A festá começa às 23h e tudo que você precisa saber está aqui.

No domingo (25) rola mais uma edição da Festa Autônoma Temporária de Rua. O endereço ainda não foi divulgado, então fique atento à página oficial do evento. No line-up nomes como GROUND a.k.a GrOun土, Thomash, Akin/Non, Casal Belalugosi f/ PUTAS VAMPIRAS LIVE e diversos outros convidados. O evento está marcado para começar às 8h da manhã e ir até à 00h. Tudo que você precisa saber está bem aqui.

Pra fechar, na próxima terça (27) Depeche Mode desembarca pela primeira vez no Brasil. O show tem abertura de Gui Boratto - chegue cedo porque vale a pena - e vai rolar no Allianz Parque. Os ingressos ainda estão disponíveis e algumas informações importantes sobre o show estão aqui.

Fim de semana tranquilo, é só escolher o que vai te fazer feliz e ir dançar. Aproveitem esse início de outono e a gente se vê por ai: Na pista, na rua ou nos festivais. Hasta la vista!